Lembranças Saborosas

Lembranças Saborosas é um livro organizado pela Virgínia Cavalcanti que entrega mais do que o título vende.
É uma coletânea com mais de 100 autores contando histórias daquelas que ativam as papilas gustativas do leitor. E há das mais diversas histórias acompanhadas de receitas que, se encontramos em outros livros, nunca virão com aquele detalhe único que as fez ficarem gravadas na memória. Às vezes esses detalhes não estão na lista de ingredientes nem na forma de preparo, mas sim na memória que o autor divide com o leitor.

O livro é ótimo por diversos motivos: primeiro porque como são muitas histórias e lembranças sempre vinculadas a mesas e pratos, com certeza alguma delas vai avivar no leitor a memória de um prato diferente do apresentado pelo autor - inclusive a Virginia deixa no final algumas páginas em branco para o leitor mesmo escrever suas próprias lembranças saborosas. Outra coisa legal no livro é ter acesso às mais estranhas receitas de família. Aquelas que aprendemos a fazer e comer só porque todos os nossos antepassados tambem o fizeram.

Enfim, é um livro muito bacana que conseguiu reunir de maneira ecumênica um monte de histórias engraçadas, bizzarras ou tristes que de alguma forma estão ligadas a um cheiro ou sabor.
O único problema do livro é que não é fácil encontrá-lo. Se alguém se interessar é só pedir o email da Virginia que eu mando.

Eu colaborei com o lado divertido e com uma receita tradicional:

Era um domingo e o Can Majó, um dos mais tradicionais restaurantes de
Barcelona, deveria estar lotado. Subi a escadinha da porta sem esperanças de poder sentar em menos de uma hora. E foi o que aconteceu. O garçom anotou meu nome e resolvi dar uma volta para passar o tempo. Quando abri a porta para sair dei de cara com uma mulher vestida de noiva que, depois do susto, vi que era uma grande amiga minha que se casara naquele dia numa festa só para a família dos noivos. O que não sabia era que havia um salão reservado no naquele restaurante para a celebração. Quando ela, tão surpresa quanto eu, me viu abrindo a porta abraçou-me e disse:

- Sabia que o Joan não ia deixar de te convidar! Que bom que você veio.

O noivo me disse mais ou menos a mesma coisa, pensando que sua esposa
havia me convidado, enquanto me abraçava no caminho para o reservado. Sentamos todos numa grande mesa redonda e comemoramos com muito cava (o champanhe catalão) e esse maravilhoso prato que lhes dou a receita a seguir:

Suquet de Peix Can Majó (quatro pessoas):

4 filés de Tamboril cortados em pedaços grandes
4 Lagostins cozidos
4 Camarões grandes
400 gramas de lulas limpas
300 gramas de vongoles (alguns na casca)
200g de batatas
200g de cebola picada bem fina
2 colheres de sobremesa de alho triturado bem fino junto com salsinha
300g de tomates triturados sem pele nem sementes
1/2 litro de caldo de peixe
3 colheres de sopa de allioli (veja abaixo)
Farinha de trigo
Sal

Para começar corte as batatas em rodelas não muito finas e frite numa panela com azeite. Quando estiverem douradas retire-as e coloque em um prato com papel absorvente. Refogue o tomate nesta mesma panela até pegar um pouco de cor.
Em outra panela refogue a cebola no azeite e quando comece a dourar coloque a mistura de alho e salsinha picados. Misture bem e coloque as lulas cortadas em anéis. Quando tomarem cor incorpore o tomate refogado. Um minuto depois, mexendo sempre acrescente o caldo de peixe e as batatas reservadas. Misture tudo delicadamente, coloque os vongoles e deixe cozinhar um pouco mexendo de vez em quando.
Enquanto isso tempere os filés de tamboril com sal e passe na farinha de trigo. Frite os files em azeite e depois coloque na panela onde estão as
lulas e as batatas junto com uma colher de allioli.
Para terminar salgue e frite os camarões descascados na mesma frigideira onde você fritou o peixe.
Quando estiverem prontos coloque na panela com o suquet. Acrescente os lagostins e leve à mesa com o resto do allioli numa tigela separada. Come-se em prato fundo com uma colher de allioli em cima e um bom pão
acompanhando.

Para o Allioli

5 dentes de alho grandes
1 ovo grande
1 colher de chá de sal
1 xícara de azeite de oliva

Triture o alho e o sal juntos até que formem uma pasta. Num processador de alimentos bata o ovo por 30 segundos e depois adicione a pasta de alho e sal. Vá adicionando o azeite pouco a pouco até que a consistência se pareça a de uma maionese. Cubra e refrigere por uma hora antes de servir. Faz uma xícara e meia e pode ser guardado na geladeira por até uma semana
.

Comentários

Postagens mais visitadas