O Bistrô Carioca unplugged

Três anos e 150 posts depois de nascer, o bistrozinho aqui mantém seus ideais intactos e faz mais ou menos o mesmo caminho que prega nas suas páginas on-line.
Exatamente como está acontecendo na gastronomia, retoma valores tradicionais e nada tecnológicos e bota no papel o que antes era só virtual.

É isso mesmo. Fiz um apanhado dos melhores, mais divertidos, gastronômicos e sinceros posts e coloquei em uma versão desconectada, com peso, cheiro e textura, que traz um resumo do que se poderia chamar de linha editorial do Bistrô, onde a observação dos costumes, o humor e o caráter meio ranzinza que marcam sua personalidade podem ser conferidos sem a necessidade de se ligar nada na tomada.

Com um belissimo projeto gráfico do Gabinete de Artes e quase cem páginas, O Bistrô de Papel é um antigo projeto que só agora ganhou corpo e condições para aparecer.

Numa época onde três anos podem ser considerados uma eternidade e o que a gente escreve numa tela de computador pode desaparecer com um clique, colocar tudo no papel impresso não é só um prazer como é a garantia de que todas as nossas idéias e até alguns ideais não vão ser apagados quando faltar luz. Além disso é um ato de amor por um suporte que no final das contas foi onde tudo começou.

Editar um livro no Brasil já foi mais difícil, mas distribuí-lo é ainda praticamente impossível. Por isso, se alguém tiver uma sugestão de como/onde posso fazer a distribuição, será muito bem vinda. Enquanto isso quem quiser um exemplar basta me escrever que vou fazer o possível para atender.


Comentários

Paco, já estou com o meu exemplar devidamente autografado em mãos. Obrigada!!! O Bistrô de Papel é mais ou menos o que o meu Pra Quem Quiser me Visitar quer ser quando crescer! Parabéns pela iniciativa!
Bjs,
Constance
PF disse…
Grande Paco,
O meu chegou na sexta à noite, eu saindo de viagem! Ainda não comecei a ler, mas termino ainda esta semana.
Obrigado pela surpresa e parabéns!

Abraço,
PF
André disse…
Grande Paco!
Parabéns pela iniciativa de resgatar suas melhores pérolas e colocá-las no papel. E, que sou um leitor "à moda antiga" e você bem sabe disso, vou correndo buscar meu exemplar!
Abs
André Cunha Lima
Ana Carla disse…
Oi Paco
Chego agora do trabalho e meu livro está la na minha caixinha de correio!
Autografado, adorei!
Super obrigada, ja ja começo a devora-lo!
Bom final de semana.
Bjo
alexandre roldao disse…
Ê, amigo Paco.

Tive que ler no Katsuki pra saber que o carioquíssimo Bistrô foi parar nas prateleiras.
Como os amigos aqui do "Garfo & Faca" podem fazer pra receber um exemplar devidamente autografado?

Um abraço,
do Garfo e da Faca!
http://garfofaca.wordpress.com

roldao@tvglobo.com.br

Postagens mais visitadas